Quem Somos

Nossa História

Imagens

Contato
 Federação Nacional dos Estivadores NossaLutaÉPelaPreservaçãodonossoMercadodeTrabalho
Ajustar texto: T . T . T
<< Voltar
No tópico Notícias
Importância do desenvolvimento do setor portuário é destacada em seminário
Autor: Jornal da Câmara
Incluído no site em 26/06/2008
O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, disse ontem que os portos brasileiros melhoraram sua infra-estrutura e sua gestão nos últimos anos, mas de forma ainda insuficiente para elevar a participação do País no comércio internacional. Chinaglia, que participou da abertura do seminário “Ciência e Tecnologia nos Portos Brasileiros”, promovido pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, disse esperar que o encontro levante subsídios para a discussão sobre o assunto e contribua para que a Casa aprove em breve propostas para o desenvolvimento do setor portuário. As exportações brasileiras, destacou, ainda se ressentem do alto custo das operações portuárias, bem mais caras, por exemplo, que as dos portos asiáticos.

A deputada Iriny Lopes (PT-ES), que solicitou o seminário, ressaltou a importância da atualização tecnológica dos portos, principalmente em razão do bom momento da economia brasileira. “Nós constatamos aqui que 95% do comércio exterior brasileiro é feita através de portos. Os portos brasileiros estão atrasadíssimos em relação aos portos mundiais”, afirmou a deputada.

No seminário, o secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Luiz Antonio Rodrigues Elias, enfatizou a importância de uma maior aproximação entre a administração portuária e as universidades, a fim de que o conhecimento tecnológico possa contribuir com o avanço produtivo do setor.

Metas - O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Reginaldo Arcuri, afirmou que as prioridades de investimento no setor portuário têm sido discutidas pelo governo e representantes do setor privado para que sejam definidas metas específicas. Ele lembrou que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) prevê investimentos de R$ 2,6 bilhões no setor até 2010. Arcuri lembrou também que a nova política industrial pretende elevar as exportações brasileiras de 1% para 1,25% do total mundial até 2010 e os portos são a principal canal de escoamento da produção nacional destinada ao mercado externo.
-
Versão para impressão Enviar esta notícia por e-mail Criar PDF deste artigo
Busca no Site

Área Restrita



Banners




FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ESTIVADORES
SCS - QUADRA 01 BLOCO "G" SALA 505 - EDIFICIO BARACAT - CEP 70309-900 - BRASILIA/DF
Tefefax: 61 3224.1599 / 3323.2242
Powered by Xoops  |  Design e implementação: Fábrica de Criação